Clube de Produtores – Abrantes & Cordeiro

No âmbito da ação “Clube de Produtores” divulgamos e promovemos mais um dos nossos produtores, que integra o Clube de Produtores do Concelho de Arganil.

Os Produtos Endógenos apresentam-se como a imagem do concelho e permitem uma viagem pelos cinco sentidos onde os protagonistas são sobretudo as pessoas.

Convidamos-vos a conhecer o mundo rural da Serra do Açor e a sua riqueza, por dentro, ao lado das suas gentes, através dos seus sabores.

Consuma localmente, Consuma o que é nosso!

Em Março 2017 surgiu a ideia, estavam sempre a dizer nos para comercializar os licores que fazíamos em casa e que oferecíamos aos amigos. As receitas eram antigas, vinham da D. Bete e da D. Lúcia, respetivamente a mãe e a avó paterna da Nancy, o Nuno tinha o bichinho das ervas aromáticas e dos chás, algo que herdou da avó Pinta e do avô Joaquim, assim motivados pelos amigos e pela nossa filha Irina (Betinha) seguimos em frente. Fundámos a Abrantes & Cordeiro, registámos a marca “Licores da Betinha” e as ervas “D’ Avó Pinta”. Fizemos a nossa primeira apresentação em Maio de 2017, em Pombeiro da Beira, na feira anual de Maio, queríamos saber como seria a reação do público, para muitos foi uma surpresa, como era possível duas pessoas com formações tão distintas, comunicação e engenharia eletromecânica, agora meterem na cabeça que se iam dedicar a agricultura, aos licores e aos chás. Mas a verdade é que gostaram dos nossos produtos e encorajaram nos a continuar. Começamos a plantar medronheiros, framboesas, e as nossas ervas, mas em outubro 2017 perdemos tudo, o inferno das chamas destruiu tudo. Pensámos em desistir, mas mais uma vez a nossa filha pediu nos para que tal não acontecesse e colocamos os 3 as mãos á obra, recomeçámos. Em dezembro já tínhamos os medronhais novamente plantados e as plantas repostas, algumas vão demorar tempo a desenvolver, mas estão a crescer a bom ritmo. Dedica mo nos a aperfeiçoar as receitas de licores, queremos manter o método artesanal, fazemos poucas quantidades de cada vez, para assegurar a qualidade e uniformidade das receitas. A maioria dos frutos que utilizamos são da nossa produção, assim conseguimos selecionar o que a terra tem de melhor para nos oferecer. Os chás secamos nós e as ervas são tratadas com carinho e sem químicos. Como tínhamos de utilizar ervas de cheiro para afastar infestantes e melhorar a polinização, decidimos aproveitar essas ervas (rosmaninho, mirra, alecrim, alfazema, etc) para fazer saquinhos de cheiro para perfumar gavetas e armários. Assim somos nós, uma empresa familiar, queremos crescer, mas ao nosso ritmo, queremos dar ênfase á nossa região, á nossa aldeia, aos produtos endógenos.

Fique a conhecer mais sobre os nossos produtos em:

http://www.abrantesecordeiro.pt/

https://www.facebook.com/AbranteseCordeiro/